Implante e transplante capilar

Implante e transplante capilar: diferenças e riscos que você precisa conhecer

Você sabe o que é transplante de cabelo? É um procedimento que remove o folículo capilar de um determinado local que não tem tendência a calvície androgenética e o realoca na região que está calva.

Dessa maneira, os folículos passam pelo processo de transferência para o local onde ele foi realocado e os cabelos desse local voltam a surgir. Porém, os folículos não são removidos de qualquer lugar, mas sim de locais que estejam saudáveis.

Antes de transplantar o cabelo, um hormônio derivado da testosterona chamado DHT é inserido no local que receberá os novos fios – sendo que ele é mais potente 5 vezes do que a testosterona e por isso ajuda na aceitação do cabelo, evitando rejeições futuras.

Isso porque, se no couro cabeludo os receptores para o hormônio não estiverem distribuídos igualmente, você vai continuar perdendo cabelos.

Mas você provavelmente deve ter ouvido falar em dois procedimentos: o implante e transplante capilar. Se está em dúvida sobre isso, leia até o final e descubra mais do assunto!

Você sabia que existe outro tipo de Implante capilar?

O transplante capilar possui também possui outro nome que é: Transplante capilar, mas muitas pessoas chamam de implante capilar.

Apesar dos dois serem conhecidos, chamar de implante capilar é errado, já que essa técnica antigamente utilizava fios sintéticos para a realização do procedimento – o que não é mais permitido por causa da alta taxa de rejeição.

Por esse motivo, os dois procedimentos são conhecidos, mas nos dois o especialista faz o transplante capilar, que é usar o fio de alguma parte do seu corpo que esteja saudável e transplantando para a área calva.

O transplante Capilar pode ser feito em qualquer pessoa que sofre com alopecia androgenética ou perda severa de cabelo, querendo resgatar a autoestima com novos fios.

Mas é importante que você tenha não só as informações básicas, como também procure um especialista para analisar e saber como é o seu caso.

As áreas onde geralmente os fios costumam ser removidos são:

– Parte de trás da cabeça

– Lateral da cabeça

– E de outras partes do corpo também (ou até de outras pessoas doadoras).

Como é a recuperação nesse procedimento?

A técnica pode demorar algumas horas para ser concluída e se a região onde o procedimento de implante / transplante for grande, o médico cirurgião pode escolher fazer em dias diferentes.

Você sabia que usa anestesia? Sim, é normal o uso de anestesia e ela pode ser local, mas a mais comum é a geral. Se for usada a geral, o médico pode preferir que você fique na clínica para observação.

Após procedimento, o especialista recomenda a prevenção contra inflamações e infecções, com o uso de antibióticos e analgésicos. Assim, você consegue aliviar o local inchado pelo procedimento.

Além disso, é comum que ele recomende de medicamentos contra a queda normal dos fios que foram recém colocados e também algum medicamento para o crescimento capilar.

Quais são os principais riscos do implante capilar?

Como qualquer outro tipo de cirurgia, o procedimento de implante / transplante capilar também tem risco. No entanto, assim que os pré-requisitos para um procedimento cirúrgico são atendidos e administrados, ele se torna o mais seguro.

Os riscos comuns em um procedimento de implante capilar são:

  • Infecção;
  • Redução temporária dos fios de cabelo que já existiam antes do procedimento;
  • Dormência;
  • Foliculite;
  • Sangramento;
  • Dor;
  • Inchaço;
  • Cicatriz;
  • Coceira, entre outros.

E aí, já entendeu sobre o procedimento e como ele é adequado para você? Então, compartilhe esse conteúdo com alguém que também precisa dessa informação.