Investir em Carteira Administrada é seguro?

Também chamada de portfólio ou de cesta de investimentos, a carteira administrada é um serviço feito por especialistas em investimentos. De forma obrigatória, todas as pessoas que trabalham com isso possuem um registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, muitas deles prestam serviço para empresas especializadas em investimento.

A questão é bem simples: um investidor contrata uma pessoa para cuidar do seu portfólio de investimentos. Ou seja, ele vai transferir os cuidados de sua carteira administrada para um profissional da área.

Após ser contratado, o gestor da carteira administrada será responsável pelas vendas e compras dos ativos de seu cliente. Em resumo, deixar alguém cuidar de seu portfólio de investimentos é permitir que outra pessoa gerencie o seu dinheiro.

Sobre o título deste texto, a resposta é “sim”, contratar uma carteira administrada é seguro. No decorrer deste artigo, você entenderá as razões.

Conflito de interesses

Um conflito de interesses é gerado quando um profissional fica na dúvida entre fazer a melhor proposta para o seu cliente ou tirar vantagem dele para aumentar seus lucros. Por exemplo, vender um produto de qualidade duvidosa pelo preço de um top de linha só para ganhar mais em cima da venda.

Uma das razões da carteira administrada transmitir segurança é não haver esse tipo de problema. Como o administrador cobra uma taxa em cima do valor total da carteira, não há interesse nos valores de suas vendas.

Ou seja, mesmo que o investidor lucre muito com vendas e compras, o gestor da carteira não terá nenhum tipo de ganho com isso. Dessa forma, o profissional tem obrigação de lutar pelo crescimento da carteira, caso queira lucrar alguma coisa.

Racionalidade

Quando um profissional cuida dos investimentos de uma pessoa, não haverá o risco dela fazer um investimento por impulso. Dessa forma, o investidor poderá manter o foco em seu objetivo inicial, pois o administrador não o deixará investir em nada por emoção.

Quando se fala de investimentos, é importante usar a racionalidade, pois ela evita que o investidor seja enganado pela primeira solução mágica que aparecer.

Economia de tempo

Como já foi dito antes, na carteira administrada é o gestor que executa as operações. Por conta dessa autonomia, o profissional pode tomar várias decisões sem pedir a permissão do cliente. Obviamente, ele precisa se adequar ao acordo que foi feito com investidor quando o contrato foi assinado.

Esse modus operandi da carteira administrada poupa o tempo do investidor. Com outra pessoa no comando do portfólio, a única preocupação do cliente é o lucro final. Dessa forma, ele não é obrigado a se preocupar com os números frenéticos do mercado financeiro.

Liquidez de investimento

Essa informação é importante para quem pretende contratar uma carteira administrada. A expressão “liquidez de investimentos” faz referência ao prazo de aplicação e ao resgate do valor do investimento. Tanto um quanto o outro dependem dos ativos que estão ligados ao portfólio.

Alguns investimentos do portfólio podem ser resgatados no mesmo momento em que foram solicitados (liquidez diária). Por outro lado, existem investimentos que demoram entre dois e trinta dias para cair na conta do investidor. Por fim, ainda existem investimentos que só serão resgatados no dia do vencimento da aplicação.